pt-br +55 (48) 3039 1404 contato@apino.com.br

Entrar

Inscrever-se

Depois de criar uma conta, você poderá acompanhar seu status de pagamento, acompanhar a confirmação e você também pode avaliar o passeio depois de terminar a turnê.
Nome de usuário*
Senha*
Confirmar senha*
Primeiro nome*
Sobrenome*
E-mail*
Telefone*
País*
* Criar uma conta significa que você está bem com nossos Termos de Serviço e Declaração de Privacidade.

Já possui uma conta?

Entrar
pt-br +55 (48) 3039 1404 contato@apino.com.br

Entrar

Inscrever-se

Depois de criar uma conta, você poderá acompanhar seu status de pagamento, acompanhar a confirmação e você também pode avaliar o passeio depois de terminar a turnê.
Nome de usuário*
Senha*
Confirmar senha*
Primeiro nome*
Sobrenome*
E-mail*
Telefone*
País*
* Criar uma conta significa que você está bem com nossos Termos de Serviço e Declaração de Privacidade.

Já possui uma conta?

Entrar

Campanha de incentivo: o guia para você começar hoje!

Campanha de incentivo: o guia para você começar hoje!

 

Quanto mais motivada uma equipe, melhor é a sua produtividade, certo? Para garantir que os funcionários da empresa trabalhem com o máximo potencial, o setor de Recursos Humanos precisa definir e implementar políticas de incentivo.

A boa notícia é que existem estratégias motivacionais que apresentam alta eficiência, são simples de implementar e proporcionam excelentes resultados no rendimento dos colaboradores. Conheça neste guia tudo o que você precisa saber para criar uma campanha de incentivo na sua empresa. 

O que é marketing de incentivo?


Se houvesse uma lista de mandamentos da gestão de pessoas, sem dúvida a motivação ocuparia o primeiro lugar desse rol. Não importa o tamanho ou a natureza da equipe: ter
funcionários estimulados é o ponto primordial e elementar para que um líder obtenha resultados satisfatórios na rotina empresarial.

Em teoria essa tarefa é muito simples, porém, ela exige dedicação permanente e acompanhamento diário. Afinal, é preciso entender profundamente as necessidades e os perfis de cada um dos membros do time e, com base nessa observação, instituir uma política interna de incentivo que atenda a todos os colaboradores de maneira uniforme e eficaz.

É aí que entra o marketing de incentivo, essa prática é capaz de trazer resultados sólidos e duradouros, tanto no engajamento das equipes quanto na mentalidade dos funcionários, o que opera uma mudança positiva na cultura da empresa.

A ideia é basicamente utilizar estratégias que motivem seus colaboradores e, consequentemente, aumentem o empenho no trabalho. Com um peso motivacional extraordinário, uma campanha de incentivo bem elaborada é uma ferramenta infalível para o desempenho ideal de cada funcionário.

Inscreva-se na nossa newsletter:

 

Quais são os principais benefícios do marketing de incentivo?

 
1. Aumentar o índice de produtividade e de retenção de talentos

Oferecer um incentivo, como a possibilidade de fazer uma viagem para um destino incrível ou jantar em um restaurante badalado é uma ação que certamente promoverá a motivação dos seus colaboradores. Afinal, eles saberão que qualquer esforço extra não só é reconhecido na empresa, como também é premiado. O resultado dessa iniciativa é a potência total no trabalho dos colaboradores.

Outro benefício do marketing de incentivo é o incremento na taxa de retenção de funcionários. Quando um profissional se sente valorizado, apresenta mais propensão a solidificar sua carreira na empresa e se fidelizar ao negócio. Para a organização isso é excelente, pois além de não perder talentos para a concorrência, não precisa despender recursos (tempo e dinheiro) na seleção e no treinamento de novos colaboradores.

Tudo isso traz como consequência o aumento da produtividade, sem comprometer a qualidade dos serviços ou produtos. A explicação é bem lógica: funcionários motivados produzem mais e melhor.

2. Catalisar o surgimento de ideias inovadoras

Outra vantagem de apostar no marketing de incentivo é que, além de mais motivados, os colaboradores também trabalham com mais entusiasmo e comprometimento com a marca/negócio.

Ambiente propício para o surgimento de ideias, não é? Afinal, funcionários valorizados se sentem mais inspirados para encontrar soluções criativas que contribuam para o crescimento da empresa — e ideias valem ouro nos dias de hoje, principalmente quando são inovadoras e pioneiras.

3. Aumentar a lucratividade da empresa

Apesar do gasto inicial com o custeio de uma viagem de incentivo, por exemplo, os benefícios proporcionados pela concessão dessa bonificação aos funcionários são enormes. Aliás, poderíamos dizer que esse é um investimento e gera lucratividade posteriormente. Vamos explicar o porquê.

Os programas de incentivo têm como proposta estimular os colaboradores, oferecendo-lhes benefícios que, direta ou indiretamente, impactam nos aspectos de qualidade de vida e motivação profissional. Consequentemente, isso se reflete em incremento da produtividade, o que, por sua vez, propicia um clima organizacional mais agradável para os funcionários e para os clientes, impactando positivamente no lucro da empresa.

A explicação? Profissionais satisfeitos trabalham com mais afinco para fazer a conversão de clientes, incentivando-os a adquirir os produtos ou serviços oferecidos pela organização.

4. Construir uma imagem positiva da marca

A marca é um dos ativos mais importantes de uma organização. Não é por acaso que o trabalho de branding (construção de marca) é cada vez mais valorizado. Missão, visão, valores, posicionamento e identidade visual contribuem para que a marca se destaque no mercado — e, ainda que indiretamente, a satisfação dos profissionais também.

Como diz aquele ditado: a propaganda é a alma do negócio. Quem melhor do que os colaboradores para divulgar a marca? Eles devem ser os principais embaixadores do seu negócio, e para motivá-los nesse processo, o marketing de incentivo pode ser o seu grande aliado.

Por meio de ações do tipo, cria-se uma percepção de que a empresa se preocupa com seus profissionais. Logo, eles se sentem mais orgulhosos como integrantes de uma organização comprometida com o bem-estar de seus trabalhadores — e é assim que se tornam os maiores embaixadores da sua marca.

5. Atrair mais talentos

Os profissionais que atuam no mercado de trabalho hoje já não são mais atraídos apenas por um bom salário e pela segurança de um emprego fixo. Para conquistá-los, é preciso caprichar nos benefícios oferecidos — e não estamos falando apenas de plano de saúde e vale-alimentação.

Os incentivos oferecidos para quem se destaca na empresa mostram que o negócio reconhece e valoriza suas habilidades do profissional.

Tudo isso ajuda na construção de uma employer brand (marca empregadora) de sucesso, que ajuda a atrair outros talentos. Por fim, os próprios clientes começam a perceber que, ao fazer negócio com a sua empresa, eles adquirem não somente produtos e serviços, mas principalmente valores.

6. Aumentar a satisfação e fidelizar clientes

Quanto mais motivados estão os profissionais, melhor é o atendimento oferecido e mais fácil se torna o processo de satisfazer e fidelizar os clientes. Os consumidores sentem mais segurança ao comprar de uma empresa que investe nos seus funcionários, pois sabem que poderão contar com um suporte adequado, além de adquirir produtos e serviços de qualidade.

Essa ação tem efeitos no longo prazo. Gradativamente, a empresa investirá cada vez menos recursos em ações para atrair e conquistar novos clientes. Assim, você poderá oferecer mais incentivo aos funcionários e investir na aquisição de ferramentas mais avançadas para que eles executem o trabalho.

7. Estimular a cooperação e espírito de equipe

O marketing de incentivo colabora para que a experiência do funcionário no trabalho seja mais prazerosa. Isso significa que o colaborador saberá que, quando cumprir determinados objetivos, será recompensado.

Isso é importante quando falamos de estímulos para grupos. Ou seja, o time que obtiver melhor resultado ganha um prêmio para desfrutar em conjunto, como uma viagem de incentivo. Logo, a equipe viaja e participa de atividades de team building (formação de equipe), um treinamento realizado em grupo, que favorece o engajamento dos membros, estimula a cooperação e fortalece o espírito de equipe.

Planejamento

 Como planejar uma campanha de incentivo?

Agora que você sabe a importância e as vantagens do marketing de incentivo para sua empresa, é preciso elaborar cautelosamente a campanha. Acredite: criar estratégias que chamem a atenção e sejam verdadeiramente atrativas para que seus funcionários se sintam motivados não é uma tarefa tão difícil.

No entanto, é importante conhecer os interesses dos colaboradores, realizar pesquisas internas e elaborar metas e objetivos factíveis e possíveis de serem alcançados.

Lembre-se que toda campanha de marketing de incentivo deve ser baseada nos seguintes pilares: motivação, reconhecimento e recompensa. Para ajudar a montar uma campanha, listamos algumas dicas importantes.

Estabeleça os objetivos e as metas

Nessa parte, os gestores precisam estimar as metas para o ano, sempre tendo como base dados reais em comparação a outros períodos e a atual estimativa do mercado. É também nessa etapa que é possível avaliar os gargalos e as dificuldades, assim como as oportunidades de novos negócios.

Determine as recompensas

É fundamental ter em mente quais modelos de premiações serão utilizados. É imprescindível que a recompensa pelo trabalho seja algo motivador e que gere expectativa nos colaboradores. Mais abaixo mostraremos com detalhes os tipos de premiação mais comuns no marketing de incentivo.

Apresente a campanha de forma clara e transparente

Não adianta elaborar uma excelente campanha e não transmitir os objetivos de forma clara. É importante que a apresentação seja impecável, de forma aberta, detalhada e transparente.

Acompanhe os resultados

A campanha de incentivo deve ser monitorada durante todo o ano, e a comunicação dos resultados deve ser passada frequentemente aos funcionários participantes, independentemente da situação. Isso ajuda a motivar e impulsionar a corrida pelos objetivos.

Avaliação de desempenho

Critérios para premiar funcionários

Quem busca resultados reais e seguros para sua empresa não se limita somente a estudar planilhas. É imprescindível utilizar técnicas modernas de avaliação para buscar melhorias ainda maiores de suas equipes. Confira algumas dicas e de métodos de avaliação de desempenho muito utilizados nos dias atuais.

 

1. Avaliação 360 graus

Como o próprio nome dá a entender, o método de avaliação de desempenhos de 360 graus é muito mais abrangente. O conceito consiste em que cada colaborador seja avaliado por toda a empresa, desde supervisores e coordenadores até o colega de mesa. Esse modelo permite ter uma visão macro de como cada colaborador é visto por diferentes pessoas e setores da companhia.

2. Avaliação Top Down

Esse método de avaliação de desempenho é o mais tradicional. Ao pé da letra, seria avaliar de cima para baixo, ou seja, o superior monitora, avalia e passa o feedback aos seus colaboradores. Obviamente, este tipo de avaliação se faz necessária em todos os setores, porém, visando ter uma coleta de dados mais ampla e sem opiniões pessoais, é recomendado realizar outros métodos em conjunto com o Top Down.

3. Avaliação de desempenho por competências

Essa técnica pode ser utilizada junto aos demais métodos para somar às outras informações a serem coletadas. É importante utilizar esse tipo de avaliação para mensurar as competências técnicas e comportamentais do colaborador. Por exemplo, qualificar as habilidades e conhecimentos no trabalho, assim como o comportamento em equipe, cumprimento de horários e produtividade.

4. Avaliação por objetivos

Um dos métodos de avaliação de desempenho mais eficazes é o por objetivos. Nesses casos, os gestores estipulam metas a serem cumpridas em determinados períodos. Após a conclusão do prazo, é realizada uma análise mais detalhada sobre o desempenho de cada funcionário e equipe perante o objetivo estipulado. É uma ótima ferramenta para ajustar os times e realocar alguns colaboradores nos setores que mais se saem bem.

5. Avaliação por escala

Esse processo é bem simples e de fácil aplicação. Trata-se de uma tabela comparativa com os principais dados a serem avaliados, como produtividade, trabalho em equipe, pontualidade, entre outros. Na outra coluna ficam as notas ou avaliações, como excelente, bom, regular e ruim. O método é eficaz, porém devido à simplicidade e limitações, é sempre recomendado aplicar outras técnicas em conjunto caso necessite coletar mais dados.

Situações ideais para premiar um funcionário


Homenagem ao funcionário da empresa

Você pode trabalhar com a estratégia do funcionário do mês, muito comum na maioria das empresas, buscando identificar sempre um exemplo positivo para motivar a equipe a seguir os passos.

Além dessa opção tradicional, existem outras possibilidades até mais sofisticadas, como a implementação de um sistema de pontuação. Nesse caso, utilizando uma tabela, você pode criar um ranking e, no final de determinado período (seis meses, por exemplo), será possível premiar os primeiros colocados. A ação se assemelha a uma temporada dos campeonatos de automobilismo e costuma empolgar bastante.

Outra vantagem interessante é que a metodologia pois permite que um funcionário (que não estava bem colocado no começo) se recupere no decorrer do evento.

E o melhor: com a disputa, quem terá os maiores benefícios será a empresa, com melhores resultados.

Premiação por metas atingidas

Tudo deve começar ainda no planejamento da meta, pois é preciso defini-la de forma inteligente. Muitos gestores a definem de forma complexa e distante demais da rotina da empresa e da equipe de vendas, o que elimina a expectativa de alcance do time.

Uma boa meta deve ser realista e desenvolvida de acordo com a realidade da companhia e dos seus vendedores. Para isso, analise os relatórios dos três últimos meses, monitore o macroambiente e a concorrência. Assim, você terá bases sólidas para desenvolvê-la da melhor forma possível.

Premiação

Campanha de incentivo para grupos

Traduzido ao pé da letra, o termo team building significa “construção de equipe”. No entanto, seu conceito vai muito além dessa ideia e envolve uma série de estratégias imprescindíveis para o sucesso de sua empresa.

De forma flexível, essa ferramenta pode ser aplicada de diferentes formas e obter resultados incríveis, sempre com foco na integração de seus colaboradores. E como consequência, auxiliará a alcançar maiores níveis de produtividade e desempenho dos negócios. Confira alguns exemplos de atividades:

1. Rafting

Colocar equipes em botes infláveis para descer corredeiras pode parecer divertido. E não deixa de ser, porém, ao mesmo tempo, essa estratégia é uma ótima oportunidade para incentivar o espírito de equipe de seus funcionários e avaliar como eles reagem em momentos de tensão. Afinal, cada um terá uma importante participação e qualquer erro individual pode resultar em um belo banho de rio nos demais integrantes.

2. Acampamento

Outra atividade outdoor que pode ser utilizada no conceito de team building é organizar um acampamento, no qual os funcionários precisem, obrigatoriamente, recorrer aos companheiros para “sobreviver”. Neste cenário, é possível motivar ações coletivas e avaliar o trabalho de cada um em situações de escassez de recursos.

3. Jogos participativos

Jogos são ótimos para integração de equipes, pois oferecem um ambiente descontraído e ao mesmo tempo essencial para aproximar o contato e o trabalho em conjunto. Os tipos de atividades desse segmento são infinitos. Alguns já são bem famosos, mas é possível usar a criatividade para inventar jogos e regras próprios. O importante é manter o objetivo do team building.

4. Atividades gastronômicas

Que tal motivar o lado Master Chef de seus funcionários? Atividades envolvendo gastronomia são formas prazerosas de interagir suas equipes. Geralmente, as ações envolvem desafios em grupos para elaborar pratos com os ingredientes disponíveis. É divertido, informal e motivacional. Por outro lado, é extremamente importante para praticar e vivenciar competências como liderança, organização e planejamento.

 

Exemplos de premiação para funcionários

 

Para ter ideia de como uma campanha de premiação pode motivar a equipe, veja os dados a seguir: uma pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva, junto à LTM, apontou que os funcionários que recebem algum tipo de premiação são 45% mais satisfeitos com os seus trabalhos.

Além disso, o estudo mostrou que 87% dos 1.019 entrevistados enxergam as premiações como uma forma de valorização, e 80% entendem que essas ações podem aumentar a produtividade e melhorar o ambiente de trabalho.

Diante disso, não há dúvida de que a premiação pode ser uma forma eficiente de estabelecer um relacionamento com os funcionários, de expressar a gratidão da empresa e, ainda, de motivá-los.

Agora que já não há mais dúvidas sobre a eficiência da premiação, pode surgir o seguinte questionamento: “quais são as melhores formas de premiar os funcionários que se destacam na empresa?”. Para respondê-lo, preparamos a lista a seguir!

Viagens

Uma forma eficiente de fazer uma ação de incentivo é oferecendo uma viagem para o funcionário. A viagem de incentivo proporciona um momento único para ele e para o acompanhante. É algo que não será esquecido e que gera alta satisfação.

Uma forma eficiente de proporcionar a experiência é contratando uma agência de viagens de incentivo, pois ela poderá criar um roteiro personalizado, ou seja, de acordo com os interesses do funcionário. Além disso, uma agência poderá adequar o orçamento da viagem de acordo com a necessidade da empresa.

Dia de folga com direito a SPA

Quem não gosta de uma folga no meio da semana, não é mesmo? Melhor ainda é ter uma folga e passar um dia todo em um SPA bacana, recebendo tratamentos especiais e sendo mimado. O dia livre com SPA é realmente uma ótima forma de reconhecimento, pois oferece diversos benefícios para a saúde física e psicológica do funcionário.

Um dia de luxo

Quem não sonha em dirigir um carro luxuoso ou comprar umas roupas de grife? Uma possibilidade de premiação diferente seria permitir uma experiência de dar uma volta em um automóvel de luxo ou um vale compras em uma loja chique, por exemplo. São duas ideias, dentre muitas outras possibilidades, nesse perfil de premiação para funcionário.

Viagens de incentivo

Por que experiências em vez de dinheiro?

Dinheiro é sempre bom e é claro que todo mundo gosta de receber. No entanto, promover uma experiência diferente ao seu colaborador é uma forma ainda mais eficiente de motivá-lo, pois envolve uma questão social e psicológica.

O dinheiro, por si só, como premiação, após um tempo, passa a ser percebido como uma obrigação e um complemento de salário e perde a essência de prêmio. Por meio de premiações criativas, é sempre possível inovar e motivar seu colaborador de diferentes formas.

Agora que você já conhece as possíveis formas de premiações que selecionamos, pode surgir o questionamento: “e a premiação em dinheiro?”. Se você realmente pensou isso, temos uma notícia: essa não é a melhor opção.

Para que uma premiação seja efetiva, é importante que o funcionário receba algo que proporcione momentos marcantes e que mostre que ele é especial. Obviamente, dinheiro é bom, mas acaba rápido. Momentos de lazer e prêmios, como medalhas, geram reconhecimento, impactos emocionais firmes e melhores resultados.

 

O que é viagem de incentivo?

É uma maneira de premiar funcionários, fornecedores ou clientes pela performance desempenhada em relação ao negócio da empresa ou pelo cumprimento de metas.

Esse método de premiação prioriza uma experiência maior do que apenas a recompensa monetária. Com o intuito de buscar uma motivação para seus colaboradores, as companhias investem na oportunidade de oferecer uma vivência inesquecível para seus parceiros, fomentando ainda mais o laço entre a eles e a empresa.

Mas, para que isso ocorra da melhor maneira possível, é primordial contar com uma equipe especializada, capaz de oferecer uma experiência que encante e surpreenda os participantes do início ao fim.

 

Quais os benefícios das viagens de incentivo?

Quando uma empresa escolhe recompensar seus colaboradores ou parceiros com prêmios em dinheiro, esse valor é rapidamente incorporado nas finanças e tende a ser esquecido em um curto período de tempo. Em contrapartida, as viagens de incentivo proporcionam uma experiência duradoura e que deixam lembranças, ou sejam, a marca da empresa fica gravada na memória dos premiados.

Essa iniciativa possui inúmeros benefícios, mas separamos os principais para te ajudar a entender melhor. Veja a seguir:

1. Motivação

Além de oferecer bons salários, benefícios e um ambiente de trabalho agradável, é fundamental que as empresas tracem outras estratégias para que os colaboradores se mantenham motivados.

Na maioria dos casos, a definição de metas atingíveis e premiações para os profissionais de maior destaque cumprem bem esse papel. No caso da viagem, o funcionário se sente motivado principalmente porque tem a oportunidade de descansar e colocar “a cabeça no lugar” e ainda compartilhar essa experiência com alguém especial, pois, geralmente, as viagens de incentivo incluem pelo menos um acompanhante.

2. Integração

Se o objetivo da organização for capacitar os colaboradores e promover a integração entre eles, as viagens de incentivo também são uma excelente alternativa. Viajando em grupo, os profissionais podem aproveitar algum evento relativo à área de atuação da companhia ou participar de atividades exclusivas. Seja qual for a opção, certamente os laços serão fortalecidos.

3. Disposição

O ritmo de trabalho mudou bastante nos últimos anos. Atualmente, muitos profissionais têm jornadas flexíveis e, por isso mesmo, sentem dificuldade em se desligar de suas atividades nas horas de lazer ou descanso. Uma viagem pode ser um bom incentivo para que o profissional reserve um tempo só para si e retorne à empresa com mais disposição para atingir metas.

4. Fidelização

Esse item se refere especialmente à premiação de distribuidores ou clientes. Uma pessoa que contribuiu tanto para que o seu negócio tivesse bons resultados, obviamente merece um presente especial. E uma bela viagem tem sido a escolha preferida das empresas que querem recompensar um bom cliente.

Assim, se a viagem for de fato inesquecível, o presenteado sempre se lembrará da empresa. Para isso, as empresas especializadas em viagens de incentivo se preocupam com os detalhes e enriquecem os dias da viagem com momentos surpreendentes, que mexem com os sentimentos do viajante.

5. Melhor previsão dos custos

Por ser uma premiação condicionada à determinada obrigação — alcance de metas ou destaque por determinada performance, por exemplo —, os custos gerados pela viagem de incentivo já estarão calculados e embutidos no lucro gerado pelo parceiro. Ou seja, todas as despesas da viagem serão, prévia ou posteriormente, cobertas pela meta alcançada, o que reduz o risco de perda de investimento.

Assim, a empresa não precisa ter um novo gasto, que, muitas vezes, nem seria possível. Nem terá que se preocupar com seu fluxo de caixa para implementar essa premiação.

 

Preciso de ajuda para escolher (e preparar) a viagem?

Antes de mais nada, é preciso ter em mente que essa experiência não é uma viagem qualquer, que poderia ser feita por qualquer agência de viagem. Ela deve ser organizada de forma a garantir maior experiência e momentos memoráveis para os parceiros e colaboradores da empresa. Por esse motivo, é aconselhável contratar uma agência especializada para tornar esse momento inesquecível e não motivo de frustração ou preocupação.

Com uma equipe eficiente, os roteiros de viagens serão personalizados de acordo com o perfil da empresa e dos seus clientes, fornecedores ou colaboradores. Por exemplo, se sua empresa possui funcionários mais jovens e tem um ambiente informal e mais descolado, uma boa alternativa seria um destino menos usual e que tenha muitos eventos culturais.

É importante pensar em todos os detalhes, sempre com foco na pessoa premiada, garantindo uma programação exclusiva e uma vivência única.

Precisa de inspiração?

Agende uma reunião com nossos os especialistas.